Avalanche do Humor: O papel de nossos pais para nosso crescimento

O papel de nossos pais para nosso crescimento

Nossos pais tem um importante papel para nosso crescimento, querendo ou não o que escutamos desde cedo é o que forma nosso caratér, meus pais diziam que eu seria um idiota intertedo pessoas inúteis (eis que estou aqui escrevendo para vocês).

Porém claro, nossos pais sempre conta mentirinhas básicas para nos fazerem acreditar que se não comermos tudo as crianças da Africa morreram de fome, sendo que se agente comento tudo elas morreriam da mesma maneira (crianças da Africa não tem salvação, mudem para o Morro do Alemão).



Aqui vai alguns exemplos de como os pais mudam a vida de seus filhos:


“Este menino tem muito espírito!”
Mãe de Chico Xavier, quando ele tinha sete aninhos.

“Ora, seu moleque! Cai na real!”
Pai de FHC

“Olhe por onde anda, menino! Parece que não enxerga!”
Mãe de Ray Charles, quando ele tinha cinco anos

“Não, você é a minha filha! Eu é que sou tua mãe!”
Mãe da mãe Dinah
"Isso que está fazendo é Pedofília!"
Mãe da Xuxa quando ela tinha vinte anos namorando um menino de doze.

“Deixe de história para entrar na vida!”
Mãe de Getúlio Vargas, encorajando o pré adolescente a sair de casa.

“Mas este menina parece que tem o rei na barriga!”
Pai da mãe do Elvis, quando ela estava grávida

“Este rapazola tem mania de grandeza!”
Pai de Alexandre, o grande.

“Estou preocupada com ele.”
“E eu não? Ele continua obcecado com ratos!”
Pais de Walt Disney, numa conversa informal

“Olha o aviãozinho...”
Mãe de Osama Bin Laden, quando ele tinha um aninho.

“Rebolar não vai te levar a lugar nenhum! Você vai sim pra Iscola!”
Pai de Carla Perez, quando ela tinha três anos e pouca bunda.

“Os meninos tem torneirinhas, as meninas não”.
Pai de Ronaldo “fenômeno”, quando o filho tinha dois aninhos.

“Ele é um garoto super positivo.”
Mãe de Cazuza, elogiando o filho de dez anos para a amiga.

“Mas quem é este tal de Severino?”
Mãe de Marcos Wainberg, quando ele tinha três aninhos.

“Ô menino lerdo!”
Mãe de Rubinho, se queixando da lerdeza do filho para tudo.

“Sua criança filha da puta! Vê se come esta porra desta papinha até o final, sua vaca!”
Mãe de Dercy Gonçalves, quando ela tinha dois aninhos, na Era Glacial.

“Filho, você tem que subir na bicicleta, não ficar empurrando ela.”
Pai do Óleo Man, quando ele tinha cinco anos.

“Menina doida! Toda vez que a papinha tá boa, ela passa por baixo da mesa!”
Mãe de Ana Maria Braga, quando ela tinha dois aninhos

“E não fala junto comigo...”
Pai do Faustão, quando ele ainda era “Faustinho”.

“Com este carisma, ele tem tudo pra ser um puta de um comediante!”
Mãe de Adolf Hitler, quando ele tinha sete anos

“Toda vez que ele sai pra jogar bola volta todo sujo de lama!”
Mãe se queixando para a vizinha sobre seu filho, Dalai Lama, quando este tinha oito anos.

“Alguém viu minha carteira?”
Mãe de Maluf, quando ele tinha três aninhos

“Este garoto não abre a boca!”
Pai de Charles Chaplin, quando ele tinha seis anos.
"Não minha filha, menina não briga de lutinha."
Mãe de Dilma quando ela tinha cinco anos.

"Filho, tem que aprender a mentalizar as coisas"
Pai de Pai Galo quando ele tinha seis anos

“A música preferida dele é “Como nossos pais”, da Elis Regina”.
Mãe de Hanibal, quando ele tinha sete anos.

“Ele desapareceu de novo!”
Mãe de Wally, desesperada, quando o filho tinha um, dois, três, quatro, cinco anos, etc...

“Papa! Papa!”
Mãe de Bento XVI, tentando fazer o filhinho comer.

“Eu nunca vi! Eu bato, ponho de castigo e ele ainda sorri!”
Mãe de Marquês de Sade

“Sim filhinho, não adianta fazer bico. Você é negro.”
Mãe de Michael Jackson, quando ele tinha quatro anos

“É melhor tosar pra saber se é menino ou menina”.
Parteira para mãe de Tony Ramos.

“Cadê a orelhinha do bebê?”
Mãe de Van Gogh, quando ele tinha dois meses

“Cadê o dedinho gorduchinho do bebê?”
Mãe de Lula, quando ele tinha só um mês e “ainda não sabia de nada”.

“Filhinho...você está trabalhando há seis dias sem parar! Tire amanhã pra descansar!”
Mãe de Deus

“Para de escrever, vagabundo! Vá fazer alguma coisa de útil dessa sua vida, seu inútil!”
Minha mãe, ontem.

2 comentários:

Gleison Nunes disse...

muito bom o blog, asdoijasd

Karla Hack dos Santos disse...

hehehhehehe
Tem horas que se tem que pensar por si... imagina se alguns deles tivesse dado ouvidos!!

;P

Postar um comentário